Um dos conjuntos de ilhas mais famosos do planeta, o arquipélago sueco é formado por 24.000 ilhas, que estão distribuídas entre Estocolmo e o Mar Báltico. Quando chega o bom tempo, esse grande labirinto de pequenas ilhas se transforma no destino preferido dos habitantes de Estocolmo, assim como dos turistas.

Durante o verão, com uma temperatura média que oscila entre os 20 e os 25ºC, é comum ver diversos marinheiros amadores e profissionais à procura de suas praias favoritas, nesse verdadeiro paraíso natural da Escandinávia. Embora algumas das ilhas disponham de serviço de ferryboat e outras estejam interligadas ao continente por meio de pontes, a maior parte delas somente podem ser alcançadas a bordo de pequenas embarcações.

Há ilhas para todos os gostos: algumas pequenas e desabitadas, outras repletas de casas e com completa infra-estrutura de serviços. A maior parte delas, no entanto, é habitada, além de contar com albergues da juventude e lugares reservados para camping. Normalmente feitas de madeira, as casas das ilhas costumam estar pintadas de vermelho ou amarelo, contando com pequenos ancoradouros privados.

O arquipélago de Estocolmo é um dos maiores do mundo e as suas ilhas mais conhecidas são: Sandöm, com um cemitério que homenageia os faroleiros do mundo inteiro, Grönskär, onde podemos visitar um farol do séc. XVIII e Utö, onde se encontram as minas de ferro mais antigas de Estocolmo.

Guia de Estocolmo | Monumentos em Estocolmo

Leave a Reply

Your email address will not be published.