Largo Cristina di Svezia, 24
Roma

A história do Jardim Botânico de Roma é bastante antiga. A sua primeira função foi a de um campo para o cultivo de plantas medicinais. O Jardim Botânico propriamente dito somente seria criado mais tarde, aproximadamente no séc. XVII. Atualmente o jardim ocupa uma extensão de 12 hectares e alberga várias coleções de plantas que merecem uma visita, tais como a coleção de palmeiras, o bosque de bambus e o jardim japonês.

Situado no Janículo, o parque conta com uma zona de bosque mediterrânico na parte mais alta, também conhecido como Bosco Romano, de onde você poderá ter uma impressionante vista panorâmica da cidade de Roma. Entre os diversos atrativos do Jardim Botânico, se destacam as estufas, a Fontana dei Tritoni (Fonte dos Tritões), o jardim dos aromas, as plantas aquáticas e o Palazzo Corsini.

Esse jardim é utilizado pela Faculdade de Biologia da Università della Sapienza para o estudo científico, oferecendo visitas guiadas e cursos de educação ambiental. Além disso, ainda conserva o jardim de plantas medicinais original. Ao todo, no Jardim Botânico você poderá ver mais de 3.000 espécies vegetais diferentes.

Guia de Roma | Parques em Roma

Leave a Reply

Your email address will not be published.