Lugotevere Castello, 50
Roma

A construção do Castelo de Santo Ângelo foi iniciada a pedido de Adriano, imperador de Roma, no ano 135 d.C., a fim de ser utilizado como mausoléu familiar, às margens do rio Tibre. No segundo andar desse castelo se encontram as urnas que guardam as cinzas dos imperadores. Posteriormente, durante a Idade Média, esse castelo passou a ser uma fortaleza militar e, durante o Renascimento, foi a residência papal.

O castelo é conhecido pelo nome de Castelo de Santo Ângelo desde 590 d.C., quando o pontífice Gregorio Magno teve uma visão na qual o arcanjo São Miguel aparecia na parte superior do castelo. A tradição costuma dizer que, após essa visão, a forte epidemia de peste que assolava Roma desapareceu sem deixar rasto. Hoje em dia, do terraço superior do castelo, que está decorado com uma escultura do arcanjo, pode-se apreciar uma vista panorâmica da cidade.

Guia de Roma | Edifícios em Roma

Leave a Reply

Your email address will not be published.