O rio Liffey divide o centro de Dublin e desemboca no mar da Irlanda. Embora o rio já não seja utilizado para a navegação comercial, ainda é possível fazer uma excursão turística com o Liffey Voyage ou passear por suas margens.

Se você der uma passada para conhecer o rio Liffey, aproveite para dar um passeio pelas passarelas de madeira instaladas em ambas as margens do rio. Tanto de um lado do rio Liffey como do outro encontramos alguns dos edifícios e ruas mais representativos de Dublin, como o edifício Four Courts, sede do parlamento irlandês, ou a Custom House, antiga alfândega, extraordinariamente bonita quando vista à noite. Também merecem destaque as estátuas do Famine Memorial, que parecem fugir em direção ao porto e são um marco que serve para lembrar a fome extrema que o povo irlandês passou em meados do séc. XIX.

Quando chegar próximo ao mar, poderá ver a reprodução do barco à vela de Jeanie Johnson, que está ancorado no píer de Dublin. Perto do píer, também encontrará o teatro The Point, instalado em um moderno edifício com capacidade para 8.500 espectadores. Trata-se da sala teatral com maior capacidade da Irlanda, onde é possível assistir aos mais variados tipos de obras, de espetáculos de balé a shows de rock. Por lá já passaram artistas e grupos como Bruce Springsteen ou U2, entre outros.

Guia de Dublin | Monumentos em Dublin

Leave a Reply

Your email address will not be published.