Voos para Madri

Aeroporto

É possível chegar a Madri por estrada, avião ou trem. A maioria dos turistas entra em Madri pelo Aeroporto Internacional de Barajas que, além de ser o principal aeroporto da Espanha, está entre os cinco maiores da Europa. O Aeroporto de Barajas conta com quatro terminais, por meio dos quais são realizados vôos nacionais e internacionais, estando localizado a 13 quilômetros do centro de Madri.

Depois de aterrissar no aeroporto, você tem várias opções para ir até o centro da cidade. A linha 8 do metrô (de cor rosa) conta com estações nos Terminais 2 e 4 do aeroporto. Além disso, várias linhas de ônibus também cobrem o trajeto que vai do aeroporto ao centro de Madri. Se preferir ir de táxi, encontrará pontos de táxi em todos os terminais.

Se você estiver indo a Madri de outro ponto da Espanha ou da Europa, lembre-se que também é possível chegar a Madri em trem, tanto nos tradicionais trens da RENFE (sigla da Rede Nacional Ferroviária Espanhola) como no trem de alta velocidade AVE (sigla de Alta Velocidade Espanhola). O AVE Madrid oferece a possiblidade de conexão entre a capital e as cidades de Sevilla, Zaragoza, Tarragona, Huesca, Málaga, Segóvia e Valladolid. Para se ter uma idéia, o trajeto de 625 km, entre Madrid e Barcelona, leva 2h30. Com a vantagem que o trem chega em estações mais centrais que os aeroportos. Se a idéia viajar de trem e economizar tempo, o AVE pode ser uma boa opção.

Madri oferece duas estações de trem principais: Atocha (ao Sul) que está bem próxima ao centro, e Chamartín (ao Norte) que oferecem conexões com trens regionais, de longa distância e AVE. Ambas as estações oferecem conexão com o metrô.

Em relação aos acessos por estrada, existem duas opções para chegar a Madri. A primeira é viajar em ônibus, inclusive se vier de outros países (por meio de ônibus com trajetos de longa distância). A Estación Sur de Autobuses (Estação Sul de Ônibus) está em Menéndez Álvaro e dispõe de um grande número de conexões. A segunda opção é chegar à capital espanhola em carro próprio ou alugado. Madri tem seis estradas principais de acesso à cidade e três circunvalações: a M-30, a M-40 e a M-50.

Transporte público

Depois que chegar a Madri, a forma mais fácil e rápida de locomover-se pela cidade é utilizando o metrô. O metrô de Madri conta com 12 linhas, agrupadas por números e cores, chegando a 237 estações distribuídas por toda a cidade. Mapa do metrô de Madri.

Os ônibus urbanos são uma boa alternativa para deslocar-se pela cidade, tanto durante o dia como à noite. O serviço de ônibus está disponível 24 horas por dia, graças aos ônibus noturnos chamados "búhos", palavra que significa "corujas" em espanhol. Deve-se levar em consideração que os ônibus noturnos operam com uma freqüência menor que os diurnos, porém, sempre passam pela praça de Cibeles, facilitando a localização de quem ainda não conhece bem a cidade.

Uma das melhores opções para os turistas é o Madrid Visión, nome pelo qual são conhecidos os ônibus especialmente preparados para o turismo, que operam em três rotas diferentes e cobrem as zonas mais emblemáticas da cidade. Todas as rotas turísticas saem da Puerta del Sol (Porta do Sol) e os comentários turísticos feitos a bordo do ônibus estão disponíveis em 8 idiomas diferentes. Também é possível fazer uma visita guiada e personalizada por Madri.

O abono de transportes turísticos é a forma mais econômica de locomover-se por Madri. Esse "abono" permite ao usuário fazer um número ilimitado de viagens em qualquer um dos transportes públicos, exceto o táxi.

Se você tiver tempo disponível e quiser explorar os arredores de Madri, uma boa opção são os ônibus de trajeto longo e os trens chamados Cercanías (redondezas) da RENFE. Qualquer dessas duas opções é boa, principalmente para trajetos curtos.

Guia de Madri

Leave a Reply

Your email address will not be published.