Aeroporto

Quando estiver chegando a Sydney, depois de muitas horas de voo (e provavelmente depois de uma ou mais escalas), certamente aterrissará no Aeroporto de Sydney, que fica a uns 10 quilômetros do centro da cidade. Esse aeroporto é a porta de entrada da maioria dos turistas que visitam a Austrália, além de ser o único do país que oferece conexões com todos os continentes, recebendo mais de 20 milhões de passageiros ao ano.

Para ir do Aeroporto de Sydney até o centro da cidade, a opção mais rápida é o Airport Link, um serviço de trens que interliga os terminais do aeroporto com a Central Station de Sydney, com um trem a cada 10 minutos. Outra opção é ir de ônibus, com um itinerário que passa por Central Station, Circular Quay, Kings Cross e a maioria dos hotéis. Esse trajeto também pode ser feito de táxi.

Para visitar outros lugares da Austrália, é recomendável que você viaje de avião, porque as distâncias dos trajetos costumam ser significativamente grandes. De todas as formas, há trens regionais e interestaduais disponíveis na Central Station, que interligam a maioria das cidades importantes com Sydney. Grande parte das rotas ferroviárias da Austrália chegam a Sydney. Além disso, o CountryLink oferece conexões diárias que saem de Sydney com destino a Brisbane ou Melbourne.

Você também pode ir de Sydney a outras cidades ou zonas do país em ônibus, saindo da estação de ônibus Sydney Coach Terminal. No entanto, cabe ressaltar que Sydney está a mais de 10 horas de viagem, por via terrestre, de outras cidades como Melbourne, Adelaide ou Brisbane.

Transporte público

O transporte público de Sydney conta com uma frota de quase 2 mil ônibus, além de trens e ferryboats. A melhor opção para utilizar todos esses serviços é adquirir um cartão de transporte multiuso. Trata-se de um cartão combinado de uso ilimitado chamado Sydney Pass, destinado especialmente ao uso turístico de curta duração, mas também há cartões multiviagem para estadias mais prolongadas.

Assim como a maioria das grandes cidades, Sydney também oferece serviços de transporte turístico, como o Sydney Explorer, que levará você a 26 pontos turísticos, ou o Bondi Explorer, com itinerários que passam pelos bairros orientais e pelas praias de Sydney, inclusive pela famosa praia de Bondi.

Se você pretende explorar os arredores de Sydney, o mais recomendável é utilizar os serviços da companhia CityRail, que administra tanto o serviço de metrô de Sydney como várias linhas ferroviárias, as quais interligam Sydney com outras cidades como Newcastle ou Wollongong e com zonas como as Blue Mountains.

Inaugurado em 1997, o sistema ferroviário ligeiro Metro Light Rail interliga a Central Station com o Darling Harbour, o Star City Casino e os subúrbios da zona oeste da cidade. Já o sistema de monotrilho, um trem suspenso que funciona desde 1988, interliga as várias zonas do centro da cidade. Ambos os sistemas são administrados pela companhia Metro Transport.

Outra forma de locomover-se pelo núcleo urbano é usando o serviço convencional de ônibus. Em Sydney há duas estações principais, a de Wynyard e a de Circular Quay, de onde saem os ônibus que vão para a zona norte e leste da cidade. Também há um serviço de ônibus noturno, chamado NightRide.

A estação principal do serviço de ferryboats fica em Circular Quay, com barcos que viajam ao longo do porto e do rio Parramatta. Esta é uma ótima opção para explorar a zona portuária da cidade, permitindo uma vista privilegiada da Ponte de Sydney e da Ópera de Sydney.

Guia de Sydney

Leave a Reply

Your email address will not be published.