Avenida Sarmiento y Avenida Las Heras
Palermo
Buenos Aires

O Zoológico de Buenos Aires foi declarado Monumento Histórico Nacional por seus emblemáticos edifícios do final do séc. XIX. Enquanto passeia pelo zoológico, você poderá apreciar obras arquitetônicas como o pavilhão gótico dos ursos, o palácio francês dos leões, o templo indiano dos elefantes ou o Templo de Vesta.

O zoológico de Buenos Aires também conta com várias áreas temáticas. No Acuario del Zoo, por exemplo, você poderá ver pingüins, peixes e piranhas, além de tubarões assustadores e extravagantes peixes tropicais. Se vai acompanhado de crianças, não perca a oportunidade de ver o espetáculo dos leões-marinhos, fazer um passeio de barco pelo lago central ou visitar o viveiro de répteis.

No entanto, uma das zonas mais populares desse famoso zoológico é a da Selva Subtropical. Construída dentro de um antigo edifício, essa área temática reproduz o clima e a vida da selva subtropical, com uma ponte suspensa que levará você a um mundo fantástico. No período da manhã, também há atividades voltadas especialmente para as crianças, como dar comida às girafas, cuidar dos elefantes, entre outras tarefas divertidas e educativas.

A origem do zoológico de Buenos Aires se encontra na inauguração do parque Tres de Febrero no bairro de Palermo, em 1875. No ano de 1888, quando essa área de terreno foi transformada em um parque público, também foi decidido que ali se criaria o zoológico da cidade. No momento da fundação, o zoológico já contava com 53 espécies de animais do mundo inteiro, totalizando cerca de 650 exemplares.

Guia de Buenos Aires

Leave a Reply

Your email address will not be published.