Voos para Buenos Aires

Aeroportos

O principal aeroporto de Buenos Aires é o Aeropuerto Ministro Pistarini/Ezeiza,  popularmente conhecido apenas como Ezeiza. Esse aeroporto está situado a cerca de 37 quilômetros do centro de Buenos Aires e é um dos principais aeroportos de chegada à América do Sul.

É possível ir ao centro de Buenos Aires de ônibus ou de táxi. A companhia de ônibus Manuel Tienda León interliga o aeroporto com o centro da cidade em aproximadamente 40 minutos. O percurso também é coberto pelo ônibus convencional 86, embora demore umas duas horas para chegar até o centro.

O segundo aeroporto de Buenos Aires é o Aeroparque Metropolitano Jorge Newbery. Esse aeroporto, situado junto ao Río de la Plata (Rio da Prata), a aproximadamente quatro quilômetros do centro da cidade, absorve a maior parte do tráfego doméstico da Argentina.

Se você for a Buenos Aires a partir de outra cidade argentina, ou de algum país vizinho, provavelmente chegará no aeroporto Jorge Newerby. Nesse caso, o trajeto até o centro da cidade é coberto por um serviço de ônibus urbanos que estacionam na estrada Costanera. O serviço privado de ônibus Manuel Tienda León interliga o aeroporto com o centro de Buenos Aires, assim como os serviços de táxi.

O trem também é uma boa forma de conhecer os arredores de Buenos Aires e os bairros mais afastados do centro da cidade. O serviço ferroviário costuma ser econômico e razoavelmente eficaz. As principais estações de trem de Buenos Aires são a Estación de la Constitución, que interliga a cidade com Mar del Plata, a Estación Once, a Estación Federico Lacroze e a Estación Retiro, inaugurada em 1915, a qual recebe os trens que vêm do Norte da cidade, assim como dos subúrbios e de cidades como Tigre ou San Isidro.

Além disso, os trens que chegam a Buenos Aires estão interligados com a rede de trens subterrâneos. Há várias companhias que oferecem serviços ferroviários em Buenos Aires e Argentina, entre as quais se encontram: Ferrobaires, TBA e Trenes del Litoral.

Desde o Terminal de Ônibus do Retiro, centenas de companhias de ônibus oferecem seus serviços de longa distância com destino à maioria das cidades do país e a alguns destinos internacionais, tais como Bolívia, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai. Durante a temporada alta, passam diariamente por esse terminal cerca de 2.000 ônibus. O segundo Terminal de Ônibus de Buenos Aires está situado no bairro de Liniers.

Transporte público

O meio de transporte mais utilizado pelos portenhos e pelos turistas que chegam a Buenos Aires é o colectivo, um serviço de ônibus que conta com mais de 180 linhas e interliga toda a cidade, incluindo as localidades da Grande Buenos Aires. O serviço de ônibus está disponível 24 horas por dia, embora opere com menor freqüência durante a noite.

Outra boa opção para ir dos arredores para o centro da cidade são os trens regionais, o meio de transporte mais utilizado pelos trabalhadores da Grande Buenos Aires. Além disso, os trens têm diversas conexões com o metrô.

O metrô de Buenos Aires, popularmente chamado de subte, cobre mais de 40 quilômetros. Em Buenos Aires, o metrô também conta com o Prémetro, uma linha externa do metrô que interliga a região Norte com a região Sul da cidade.

Inaugurada em 1913, a Línea A foi a primeira linha de metrô da cidade e até hoje conserva os mesmos trens que se utilizavam no iníco do séc. XX, uma autêntica atração turística. As linhas do metrô estão organizadas por meio de diferentes cores e cobrem todo o centro urbano, além de estarem interligadas às estações de trem e ao serviço de ônibus.

Para os turistas que gostam de viagens marítimas, Buenos Aires também conta com um serviço de transporte disponível em seus portos. O Puerto Nuevo está destinado a receber a maior parte do transporte marítimo de carga. O terminal marítimo Benito Quinquela Martín, por sua vez, é o que oferece os serviços de cruzeiros e ferryboats, tal como o Buquebus.

Outra opção é percorrer Buenos Aires de táxi ou com um remís, um tipo de carro de aluguel com chofer, que não tem uma tarifa regulada pelo estado. Para utilizar os serviços de um remís, é necessário ligar por telefone ou ir até um ponto, chamado remisería.

Guia de Buenos Aires

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.